Home / Sem categoria / Ensaio Honda HRV

Ensaio Honda HRV

Um S U V erdaiero familiar.

Este segmento é conhecido por ter uma conotação aventureira, no entanto, aventura não é muitas das vezes sinónimo de família. Os SUV são uma categoria de automóveis que permitem conjugar a aventura à família e é essa a mais valia destes automóveis. É possível ter um carro entusiasmante sem preterir a família.

É exactamente isso que a Honda pretende captar com o HRV.  Este carro pertence à segunda geração dos HRV e é mais um a integrar-se na classe dos SUV. Esta tendência já ultrapassou o estatuto de moda, e cada vez mais pertence a uma classe de automóveis legitimada.

Assim sendo, o HRV não é um 4X4, mas graças à sua altura, tem um ar que lhe confere uma identidade mais aventureira.

A unidade ensaiada tem imensos extras, pretendendo colmatar a monotonia do dia-a-dia numa versão mais simples. Esta polivalência de extras, confere ao HRV, um objectivo nítido de aproximar este segmento a um nível superior. Hoje em dia os construtores automóveis apostam, e bem, nestas soluções por forma a tornar os carros mais apelativos. No entanto, como tudo na vida, remeto a qualidade dos acabamentos, para o famoso cliché: a “perfeição não existe”. Infelizmente a Honda continua a não apostar na qualidade dos plásticos do tablier e mantém os materiais em tecido nas portas, uma tendência de alguns construtores nos anos 90. No entanto, seria desonesto não referir que esta é uma relação constante e quase transversal a este segmento independentemente da marca. De qualquer maneira, apesar desta lacuna, é importante salientar a qualidade de construção do HRV sentida nos pavimentos empedrados.

“Falando” do que “interessa”, este Honda está equipado com um motor 1.6 i-DTEC de 120cv e caixa Manual. O HRV é um carro muito equilibrado como já foi referido anteriormente, os 120cv são suficientes e cumprem perfeitamente todos os requisitos na estrada. Numa condução mais exigente, o Honda prova que foi feito a pensar mais na família e revela as suas limitações aventureiras.

Ao volante deste Honda é de notar a boa visibilidade possível do envolvente, os pilares não produzem nenhum inconveniente à visão, e a posição de condução alta transparece uma enorme sensação de segurança. Já no vidro traseiro, a realidade é outra, tendo em consideração os apoios de cabeça dos bancos traseiros levantados, a limitação de visibilidade é muita. A condução deste automóvel é muito fácil, graças também a uma direção que é relativamente directa e leve, sendo altamente confortável para uma realidade citadina. Para quem está habituado à realidade urbana, sabe que estacionar, muitas das vezes, não é tarefa fácil, devido às manobras mais exigentes. Neste caso, apesar de não ser um verdadeiro citadino, podemos assumir que a direção leve e progressiva ajuda nas tarefas mais difíceis. Claro que os apoios ao estacionamento são fundamentais para garantir esta facilidade no estacionamento. A camara traseira, disponível nesta unidade ensaiada, é muito responsável pelo conforto garantido. No entanto a qualidade de imagem podia ser muito melhor.

Sabendo que se trata de um SUV e não de um verdadeiro Off-Road, pode-se assumir logo à partida que a suspensão assume o compromisso de conforto. Exactamente por isso, o HRV garante não só conforto necessário para viagens longas em auto-estrada mas também nas estradas mais sinuosas.   Quanto aos consumos, a Honda, anuncia um consumo combinado de 4.1l/100 no entanto, a realidade é um pouco diferente, numa condução muito equilibrada o consumo real em estrada é de 5.6l/100, já na cidade podemos assumir 6.2l/100. Esta versão Executive com um motor 1.6 de 120cv ronda os 33.000€, apesar de ser a variante mais cara deste modelo, é uma excelente escolha pois está repleto de pequenos detalhes que não são comuns neste segmento.

Ensaio realizado e escrito por Gonçalo Bação Leal

About Marco C.

O Marco é um entusiasta automóvel e cresceu rodeado de "Leões". Ainda mal conseguia pronunciar a palavra gasolina e já era um apaixonado por automóveis. Hoje em dia anseia por mostrar a sua garra na "selva" do mundo automóvel e conduzir a sua paixão o mais longe possível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *